China e Moçambique selam acordo para a construção do Aeroporto de Xai-Xai

A China concedeu um crédito a Moçambique no valor de 60 milhões de dólares para a construção do aeroporto de Xai-Xai, na província de Gaza.

O acto decorreu no passado dia 8 de Dezembro entre o Ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique, Oldemiro Baloi e o Embaixador da China, Ambassador Su Jian.

Oldemiro Baloi disse que o aeroporto irá contribuir para uma maior mobilidade de pessoas e bens, e tornaria mais fácil responder a calamidades naturais na província de Gaza.

Gaza é neste momento a única província do país que não possui um aeroporto.

O investimento em infra-estruturas tem sido notório nas últimas décadas. Entretanto, tais investimentos têm suscitado várias questões entorno da estratégia de investimento público e de endividamento.

O “aeroporto fantasma” de Nacala com capacidade de receber cerca de 500 mil pessoas por ano, recebe abaixo de 20 mil.

O embaixador da China em Moçambique também confirmou que a China também concordou em financiar a compra de 100 autorcarros para transporte de passageiros no valor de US $ 7,5 milhões.

C/ BBC

Deixar um comentário