Turquia compra mísseis russos e desafia União Europeia

Chanceler Alemã, Angela Merkel e Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan – Sputnik Brasil

O anúncio da compra da última geração de mísseis antiaéreos russos para equipar as forças armadas turcas está a provocar reações críticas junto de alguns estados membros da NATO, antecipando-se ainda outras repercussões negativas.

O presidente Recep Tayyip Erdogan confirmou em Ancara já ter sido entregue parte da soma total de mais de dois mil milhões de euros para a compra de duas baterias do sistema S-400, a serem entregues em 2018, e para a posterior produção de mais duas baterias, a ser realizada na Turquia em cooperação com a Rússia. Cada bateria estará equipada com 120 mísseis e estações de radar.

Responsáveis do Pentágono definiram como “preocupante” a concretização do negócio. Bruxelas e Washington consideram que compra põe em causa sanções a Moscovo.

Deixar uma resposta