Presidente Queniano anuncia abolição de vistos para cidadãos moçambicanos

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi e Uhuru Kenyatta num banquete no Palacio da Ponta Vermelha em Maputo

O presidente queniano, Uhuru Kenyatta, garantiu aos moçambicanos que não precisarão mais de visto para visitar seu país.

Kenyatta anunciou a abolição do visto durante um banquete presidencial oferecido pelo seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi no Palácio da Ponta Vermelha em Maputo na noite de quinta-feira.

“Os nossos antepassados ​​lutaram pela libertação política. Cabe a nós garantir a libertação económica por forma a garantir que as fronteiras artificiais criadas pelo sistema colonial sejam removidas e que os nossos cidadãos estejam livres para viajar livremente”, disse o Presidente Kenyatta.

Kenyatta acrescentou que Quénia irá abrir ainda este ano um consulado em Maputo.

A União Africana está a prosseguir uma agenda de integração ambiciosa que inclui o comércio livre, a livre circulação de pessoas, espaço aéreo comum e moeda comum, entre outros.

Moçambique e Quênia estão entre os quarenta e quatro países africanos que assinaram o acordo para estabelecer uma área continental de livre comércio durante a cimeira que decorreu em Ruanda na semana passada.

Deixar um comentário