Moçambique na lista da praga “morte negra”

Logotipo: Organização Mundial da sAÚDE

Moçambique está entre os nove países identificados pela Organização Mundial de Saúde como uma das áreas prioritárias a preparar-se para a praga que se está a espalhar por Madagáscar.

A África do Sul também está na lista, país com o qual Madagáscar tem ligações comerciais e que tem vivido um surto da chamada praga “morte negra” desde Agosto. A doença já ceifou 124 vidas em Madagáscar desde 1 de Agosto, e há cerca de 1200 suspeitas de casos até ao momento.

Segundo a OMS, escreve o Times da África do Sul, esta praga é uma doença infecciosa encontrada em alguns mamíferos e nas suas pulgas. Pode ser contraída pela mordida de pulgas infectadas e a partir daí desenvolvem uma forma bubónica da praga.

O departamento de saúde já alertou aos viajantes com destino ao Madagáscar para evitarem áreas densamente populosas e para usarem máscaras enquanto em trânsito.

A OMS colocou a Etiópia, Quénia, Maurícias, Moçambique, Ilhas Reunião, Seychelles, África do Sul e Tanzânia na lista dos países que têm que se preparar para a praga.

Sintomas da praga:

  • Febres repentinas, arrepios, dores de cabeça e no corpo, fraqueza, vómitos e náuseas;
  • Nódulos dolorosos e inflamados;
  • Sintomas de pneumonia podem surgir rapidamente depois da infecção e inclui severos sintomas respiratórios, como falta de ar e tosse, regularmente com sangue.

Fonte: A Voz da América

Deixar uma resposta