Autor: Dércio Tsandzana

Com apenas 31 anos, Kurz é o novo chanceler da Áustria

As projeções indicam que os conservadores austríacos do ÖVP [Partido do Povo Austríaco] ganharam as eleições legislativas com 31,7%. Os sociais-democratas [SPÖ]  conseguiram segurar o segundo lugar com 27% dos votos, e a extrema-direita [FPÖ] não alcançou os resultados históricos de 2000, mas volta a ser uma força política incontornável […]

Raila Odinga abandona a corrida eleitoral no Quénia

Marcadas para o próximo dia 26 de Outubro, as eleições no Quénia continuam uma incerteza que fica agora acentuada pelo abandono da corrida eleitoral do líder da oposição, Raila Odinga, que enviou uma carta (manuscrita) a anunciar a sua decisão. Odinga acusa a actual Comissão Eleitoral de ser compactuante com […]

Catalunha ainda não é independente

“A Catalunha ganhou o direito a ser um estado independente”. Carles Puigdemont declarou esta terça-feira a independência da região, para segundos depois pedir ao parlamento catalão que suspenda o processo durante algumas semanas, de forma a abrir espaço para o diálogo e para chegar a uma solução negociada com Madrid. […]

Milhares manifestam contra a independência da Catalunha

No dia 8 de Outubro (domingo), milhares de pessoas manifestam-se hoje no centro de Barcelona, convocadas pela Societat Civil Catalana, em defesa da Espanha unificada. Na principal cidade da Catalunha, na praça Urquinaona, o lema da iniciativa era “Basta! Recuperemos a sensatez”. Os organizadores garantem que marcaram presença 950 mil […]

O Brexil poderá levar mais tempo do que o esperado

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e o negociador da União Europeia, Michel Barnier, afirmaram no dia 3 de Outubro que ainda se está longe de alcançar um acordo efectivo para consumar o Brexit. Em discórdia estão os direitos de três milhões de cidadãos europeus instalados no Reino Unido […]

Emmanuel Macron quer ‘refundar’ a Europa

A criação de um governo económico da zona euro com um ministro das Finanças e um orçamento próprio. Estas são apenas algumas das propostas apresentadas pelo chefe de Estado francês, no dia 26 de Setembro, em Paris para permitir o investimento em projectos europeus e a estabilidade da zona euro. […]